Atenção! Cuidado com os custos invisíveis

Já alguma vez passaste pela situação de vender muito bem mas chegar ao final do mês com a conta a zeros? Sem perceber para onde é que o dinheiro foi?


Há várias possibilidades para isto acontecer e uma delas são os chamados custos invisíveis, ou seja, aqueles que temos mas que por serem aparentemente muito reduzidos ou por não terem um papel principal no negócio, quase nem damos por eles. Neste post vou falar sobre alguns que são os culpados frequentes de não estares a conseguir gerar lucro com as tuas vendas: Packaging Personalizado

Ter a caixa com o logo, o papel de seda timbrado, fitas de cetim personalizadas... tudo isso é lindo e cria uma imagem visual muito forte mas também sabemos que encarece quase o dobro cada pedido que envias. Estará realmente a compensar? É possível ter um branding incrível sem ter que ter tudo feito à medida e personalizado. Autocolantes, Cartões de Agradecimento, Brindes

"Oh mas cada um é só 20 cêntimos, não é por aí!" Se enviares 2 autocolantes, 3 cartões e ainda um brinde em cada pedido já faz certamente mais de 1€ de despesas por cada embalagem! Tinhas esse valor contabilizado? Taxas de Pagamento

Quando alguém compra no teu site e faz um pagamento online, seja por PayPal, Cartão de Crédito ou MbWay tu pagas sempre uma taxa por pedido. Já foste ver quanto pagas por cada um? É mais um custo que deves acrescentar à tua lista, às vezes pode chegar a mais de 1€ por pedido. Caixas, Papel de Seda, Material de enchimento

Obviamente que tudo isto são bens essenciais ao envio dos artigos mas não te esqueças de contabilizar muito bem cada gasto que fazes em cada envio para saberes ao certo por quanto podes comprar cada item destes.

 

Tudo isto é especialmente importante se tiveres um ticket médio mais baixo, ou seja, vamos imaginar que em média cada pessoa faz uma compra de 20€ na tua loja. Se desses 20€ tirares os 23% de IVA + taxas de pagamento (PayPal, Cartão de Crédito, etc.) + caixa de envio + autocolantes + cartões + folhas de papel de seda + brinde + preço de custo dos artigos... será que essa venda gerou lucro ou prejuízo? Uma forma de dar a volta a estas despesas é incluí-las no valor dos portes de envio, por exemplo, ou cobrar no site por uma embalagem premium, um cartão extra, etc. Podemos sempre fazer o nosso melhor para surpreender os clientes e entregar uma excelente experiência ao nível do envio mas não te esqueças que fazer contas e conhecer exatamente quais são os teus gastos é essencial para que tenhas um negócio lucrativo, rentável e saudável, que no fundo é o que todas nós queremos!


 

catia-almeida.PNG

Olá, que bom ver-te por aqui!

Eu sou a Cátia Almeida, tenho 36 anos e sou apaixonada pelo meu trabalho. Aqui vou partilhar a minha experiência em empreendedorismo, ecommerce e marketing digital.

Fica por dentro de todos os posts e recebe-os no teu email!

Obrigada babe!

  • Instagram
  • LinkedIn
  • YouTube
  • Pinterest